Nossa primeira parada no rolê do final de ano foi em Ilha Grande RJ. Desta vez nos acompanharam na viagem o Bibi, a Duda, o Magrão e o Tiago. A Ilha tem cerca de 5000 habitantes e pertence ao munícipio de Angra dos Reis no litoral Sul do Rio de Janeiro. O acesso a Ilha pode ser feito por barcos que saem com horários marcados de Angra e também por barcos particulares. Nós fechamos tudo com a Pousada e Camping Bem Natural e o Leonardo foi com um barco para nos buscar na Marina Piratas. Nosso carro ficou no Estacionamento da Nete.
Depois de cerca de 25 minutos de barco, chegamos ao píer do camping que fica na Praia de Araçatiba e fomos recepcionados por alguns funcionários que rapidamente nos ajudaram a descarregar a bagagem e a levar para cima!
O camping fica encravado no morro em meio a mata atlântica em um ambiente incrivelmente preservado. O acesso é feito por uma grande escadaria. Os espaços cobertos para barracas são um pouco baixos e servem bem para barracas de até 1,70m de altura, outras mais altas cabem em áreas descobertas. A estrutura para camping é muito boa, tem muitos pontos de energia elétrica, banheiros limpos com chuveiro aquecido, cozinha comunitária com fogão, geladeira, panelas, pratos e talheres. Tem também um SPA que oferece diversos tipos de terapias.
O esgoto do camping é tratado, possui uma composteira e a maior horta orgânica de Ilha que fornece alguns legumes e vegetais pro restaurante. O Restaurante serve café da manhã e muitas opções de porções, frutos do mar, prato feito, pizzas e sobremesas. Os funcionários são muito atenciosos e prestativos. É possível ainda fechar os passeios de barco e a locação de Stand Up direto na recepção. Os passeios de barco variam de R$110,00 até R$150,00 por pessoa. A diária do camping foi R$45,00 por pessoa (dezembro 2019).

A Ilha tem muitas praias e diversas opções de trilhas e passeios de barco. Ficamos acampados por lá de 21 até 26 de dezembro pela manhã e nesse tempo pudemos conhecer lugares incríveis e praias de águas cristalinas com cores que variam do verde ao azul dependendo da posição do sol.

Nosso roteiro ficou assim:
Dia 21 Chegada ao camping e curtir a Praia de Araçatibinha
Dia 22 Passeio de Barco para Parnaióca, Aventureiro e Meros
Dia 23 Caminhada até a Lagoa Verde e Araçatibinha
Dia 24 Dia em Araçatiba
Dia 25 Passeio de Barco –  Ilhas Paradisíacas

Praia de Araçatibinha
A Praia de Araçatibinha tem águas calmas e cristalinas que convidam a um mergulho. Os dois cantos da praia são cercados por pedras que tornam o ambiente ideal para que gosta de um mergulho com snorkel para observar a fauna e a flora marinha. No local existe apenas um quiosque que fica no antigo cais onde um dia funcionou uma fabrica de sardinha.

Praia de Araçatiba
A comunidade de Araçatiba é a segunda mais importante da Ilha Grande. Fica do lado mais tranquilo e preservado da Ilha, longe da agitação da comunidade de Abraão que é a mais movimentada e tem cerca de 3000 habitantes. A Praia de Araçatiba é a principal da Enseada de Araçatiba que é formada por 6 praias e é lá que se concentra a maior parte dos restaurantes e pousadas.

Caminhada até a Lagoa Verde
A caminhada do camping até a lagoa verde leva cerca de 50 minutos, o caminho passa pela praia de Araçatiba e continua por uma trilha de acesso tranquilo. Existem poucas placas indicando o caminho, mas é só perguntar pra qualquer local que eles indicam. Chegamos a lagoa bem cedinho e o dia estava nublado mas mesmo assim o passeio valeu muito a pena!

Passeio de Barco – Praia da Parnaióca, Praia do Aventureiro e Praia de Meros
Os passeios saem por volta das 10h e tem retorno previsto pra as 16h30

Praia da Parnaióca
A Praia da Parnaióca é uma das mais isoladas de toda a Ilha Grande. Tem cerca de 1000m de extensão, areia amarelada e grossa, o mar é agitado e fundo. As ruínas de antigas construções e a pequena Igreja do Sagrado Coração de Jesus são um dos poucos vestígios da grande comunidade que ali viveu no século XX quando Parnaióca era a praia mais povoada de Ilha Grande com mais de 1000 habitantes que viviam da pesca e agricultura. Atualmente vivem por ali cerca de 10 pessoas. No canto direito da praia (olhando para o mar) fica o rio Parnaióca que tem águas cristalinas e forma várias piscinas naturais.

Praia do Aventureiro
A Praia do Aventureiro tem cerca de 500m de extensão areia fina e prateada, fundo raso e mar agitado. Por ali vivem pouco mais de 100 pessoas que vivem basicamente da pesca e do turismo. É nessa praia que fica um dos principais cartões postais da Ilha, o coqueiro deitado.

Praia de Meros
A Praia de Meros é pequena, isolada, tem areia branca e águas agitadas que mesclam tons de azul e verde.

Passeio de Barco – Ilhas Paradisíacas – Praia do Dentista, Ilha Botinas, Ilha de Cataguaz e Lagoa Azul
Os passeios saem por volta das 10h e tem retorno previsto pra as 16h30

Praia de Jurubaíba (Dentista)
Tem areia branca, mar calmo de águas cristalinas e é ancoradouro de muitas lanchas, iates e veleiros.

Ilha Botinas
A Ilha Botinas é um aquário natural e um dos principais cartões postais de Angra dos Reis.

Praia da Ilha Cataguaz
A Praia da Ilha Cataguaz é a que fica mais próxima do continente e também uma das mais procuradas pelos turistas. Suas areias brancas e o mar calmo e cristalino são um convite a prática do snorkel. Existe um quiosque na ilha que vende batidas e porções.

Lagoa Azul
O nome do local vem do clássico filme dos anos 80 estrelado pela atriz Brooke Shieldes. Dizem que as águas são predominantemente azuis porém no dia e horário que fomos, a lagoa estava verde! hehehehehe

Foram dias maravilhosos nesta ilha encantadora que nos deixou com um sentimento de “vamos voltar”, pois há muito ainda o que conhecer e desbravar.

Contatos
– Bem Natural:  24 99303-0376
– Casa do Remo: 21 3305-3003