Analândia é um dos 12 municípios paulistas que tem o título de Estância Climática. Tem cerca de 5 mil habitantes e fica localizada no interior do estado a 230km da capital. Nós já havíamos visitado a cidade em outras duas oportunidades, porém esta foi a primeira vez que ficamos acampados por lá.
Acampamos no Camping Pedra Viva que fica aos pés do Morro do Cuscuzeiro que é uma das principais atrações turísticas da cidade. O Camping é todo gramado e tem estrutura básica com banheiros, pontos de energia, tanque e pia. Possui restaurante que serve delicioso café da manhã e almoço e é aberto ao público em geral. No mesmo local encontra-se a Empresa de Receptivo Terras Verticais que opera as atividades de aventura no morro e faz também passeios para os pontos turísticos da cidade.

Chegamos a noite e não havia nenhuma barraca montada na área de camping. Montamos nosso acampamento e aproveitamos a noite com petiscos, fogueira e um céu super estrelado!

Acordamos no sábado cedo e depois de comer um ovo caipira mexido e um delicioso misto quente, encontramos o Richard que é o responsável pelas atividades de aventura e pelos passeios. Fizemos uma caminhada pela propriedade e na sequência fomos conhecer a cachoeira Monte Sião, a cachoeira do Salto e a Ponte Amarela. O camping tem atividades de aventura como escalada em rocha, rapel, arvorismo, tirolesa, slackline e arco e flecha. Tem também uma piscina que pode ser utilizada também com quem vai participar do day use.

Quando voltamos para o Camping, haviam outras barracas montadas e estava rolando o arvorismo. Aproveitamos para participar da atividade! O percurso é muito legal e termina com 2 tirolesas.

Fomos almoçar tarde e na sequencia fomos cavalgando até a Gruta de Nossa Senhora. No final da tarde estávamos muito cansados e após um banho quentinho e algumas cervejinhas capotamos na barraca!

Na manhã seguinte pulamos cedo do colchão e desmontamos acampamento pois a atividade do dia prometia!
Fomos escalar o Morro do Cuscuzeiro junto com o Richard. Nós havíamos escalado o Morro há 12 anos, quando fomos comemorar 1 ano de namoro, e voltar lá pra cima teve um gosto muito especial!
Escalamos uma via básica, conhecida como carteirinha mas foi muito legal! O Richard é muito atencioso e profissional. Nos sentimos tranquilos e seguros para participar da atividade e vencer nossos medos e desafios.
Para finalizar a aventura, descemos o Morro fazendo um rapel de 55 metros.


Meta do dia cumprida!
Antes de ir embora passamos na casa da Gabi, conhecer sua fabricação de queijos artesanais. Todos são uma maravilha em sabor e beleza, ela faz queijo branco e também queijos artesanais temperados e recheados por encomenda.

Mais uma viagem incrível para a conta!

Vem com a gente Por aí de Barraca, curta nosso facebook e nos siga no instagram.

Share This