Acordamos sábado pela manhã e com o carro já carregado partimos para o Caminho Caipira em Borborema/SP. O camping fica na rodovia 304, km 389 no bairro Tanquinho, super fácil de encontrar.

Chegamos por volta das 09:30hs e fomos recepcionados pela simpaticíssima Marciana e sua irmã Ariana que é a proprietária do sítio. A Breja (nossa cachorrinha) já se sentiu em casa logo na chegada.

Ariana é quem cuida de todo o sítio com imenso cuidado e dedicação, plantou todas as árvores que hoje fazem sombra para as barracas na área de camping. Montamos acampamento em seguida “abrimos os trabalhos”  (como diz nossa amiga Marciana) com cervejinha gelada, os amendoins torrados na hora e muita prosa boa.

A Marciana nos contou que é caminhante há alguns anos e já completou alguns dos famosos caminhos existentes pelo mundo como o Caminho de San Tiago de Compostela na Espanha, O Caminho de Frei Galvão, a Trilha Inca em Machu Picchu, o Caminho da Paz entre outros. O Caminho Caipira oferece 8 trilhas com distâncias que variam entre 9Km até 28Km e é ela quem guia os caminhantes por todas as trilhas.

Almoço pronto, Ariana já veio anunciar que estava na hora de matar a fome. O almoço é um dos mais saborosos que já comemos, um tempero maravilhoso, comida caseira e simples feita no fogão a lenha com muito amor e carinho acompanhada por um delicioso suco de abacaxi com hortelã. Para fechar com chave de ouro, sobremesa com queijo branco e doces caseiros feitos ali mesmo! Depois do banquete só nos restou tirar aquele cochilo no redário.

No fim da Tarde o Lelis foi fazer uma pequena trilha com a Marciana e eu fiquei no camping com a Breja que não é uma boa caminhante! Hehehehe. A Trilha leva até a margem de um córrego que passa pelo sítio. Quando eles retornaram fomos fazer um passeio de carro e conhecemos o sítio onde moram a Marciana e seu pai, que é um senhor muito agradável, elegante e educado. No sítio tem também algo bastante curioso! Um cemitério de cachorros, onde são enterrados todos os cachorros que viveram por lá. Continuando nosso passeio, fomos até a Praia do Juqueta que fica nas margens do Rio Tietê. O rio é muito limpo, o espaço é publico e conta com uma estrutura bem bacana com um grande barracão para eventos, vários banheiros e quiosques com churrasqueira para aluguel. Quem chegou e correu para a água foi a Breja, não sabia se queria se molhar ou tomar daquela água nunca dantes provada, rsrrsrrsrsrs.

A noite conhecemos o Tuti, que é namorado da Ariana e jantou conosco.

A noite estava muito clara, lua cheia e clima muito agradável aproveitamos para tomar uma cervejinha no redário. A Breja, que estava exausta de tanto passear capotou ao nosso lado.

Domingão acordamos cedo e fomos tomar um café da manhã, tudo feito na fazenda (queijo branco, ricota, pães, manteiga, geleias e muitas outras gostosuras. Energias recarregadas e o Lelis foi conhecer um pouco dos atrativos da região com a guia Marciana. Euzinha fui tomar um sol na beira da piscina e a Breja uma sombra em baixo do guarda sol.

Após o almoço conhecemos o museuzinho do sítio que conta com diversos itens da família. No espaço tem também a lojinha que vende souvenirs e também os doces e geleias feitos pela Ariana. Aproveitamos para comprar a compota de carambola, a geleia de acerola e a de laranja.

Hora de partir e agradecer pela estadia maravilhosa em um local de paz com pessoas de bom coração e a certeza de que com certeza voltaremos em breve.

Vem com a gente Por aí de Barraca!

Share This