Em 2005 tivemos nosso primeiro contato com a cena eletrônica em um festival chamado Solaris, local maravilhoso, pessoas maravilhosas de bem com a vida e música perfeita!

Daí por diante era trabalhar pra ir em festas, rsrsrsrs. Em 2006 teve um festival de Carnaval em Goiás chamado Trance Formation e sem pensar duas vezes decidimos que estaríamos lá. Juntamos todos os amigos compramos os ingressos e arrumamos as malas. Eu, Lelis e Iuri (grande amigo nosso que também estava morando em Dourado na época) fomos de carro antes do pessoal (que alugou um busão!) para arrumar um lugar legal para nosso acampamento.

Chegando em Pirenópolis descobrimos que o festival havia mudado de local e tínhamos que ir até Corumbá de Goias…vamos nós!!! Em Corumbá chegamos, montamos a barraca em um local provisório que no dia seguinte seguiríamos de van até o local da festa. Essa noite foi só festa!!!

Clareou o dia desmontamos tudo e fomos para o local da festa e onde acamparíamos de verdade pelos próximos 5 dias. Ainda não estava tudo pronto, a festa foi tomando forma com o passar dos dias…foi mágico e inesquecível…cada dia um detalhe uma surpresa.

O “acampatrance” ficou perfeito, amigos, música boa e muita boa vontade de todos. Claro, tudo bastante improvisado (lonas e bambus esticando) mas era só alegria. Os banheiros eram ao ar livre fechados com madeira e tinha também um rio maravilhoso que passava atrás do Dance Floor que servia para dar aquela refrescada.

Passado o carnaval fomos para uma pousada em Pirenópolis onde ficamos mais uns 2 dias para conhecer a região: Centro de Pirenópolis e a vida noturna, pizza quadrada (Pizzaria Nostra Damus) e conhecer o parque dos Pirineus. O parque é incrível repleto de piscinas naturais e quedas d’água. Valeu super a pena.

 

Texto: Raquel Martins. Fotos: Thiago Lelis e Raquel Martins e Iuri Gebara.

Share This