Continuando nossa viagem de férias chegamos em Palmas (TO) onde encontramos o Higor que é proprietário da Aventura Eco e nos passou as últimas informações para o nosso passeio pelo Jalapão. É indicado que os passeios pelo Jalapão sejam feitos com guia e veículo 4×4 e sendo assim fechamos o passeio completo de 4 dias com a Aventura Eco que nos pegou em Palmas e de lá partimos!
O Parque Estadual do Jalapão é um conjunto de cinco áreas de conservação e tem cerca de 34 mil km² e durante os 4 dias de passeios rodamos cerca de 1000 km e passamos por chapadões, dunas, fervedouros, cachoeiras e paisagens maravilhosas. Passamos duas noites em Mateiros e uma noite e Ponte Alta do Tocantins e nosso roteiro foi o seguinte:
Dia 01 – Serra da Catedral, Fervedouro Bela Vista com almoço e Fervedouro do Ceiça
Dia 02 – Povoado Mumbuca, Fervedouro Buritis com almoço e Cachoeira do Formiga
Dia 03 – Cachoeira da Velha, Prainha do Rio Novo, Cânion da Sussuapara e Pedra Furada
Dia 04 – Dunas, Cachoeira Soninho Grande e Soninho Pequeno

Serra da Catedral
Nosso roteiro partiu de Palmas, passou por Novo Acordo e seguiu sentido São Felix do Tocantins e depois de 150km de estrada terra parou em nosso primeiro atrativo, a Serra da Catedral! Os horizontes do Jalapão são quebrados com a visão das serras e uma delas chama a atenção por seu formato lembrar a fachada de uma Catedral.

Fervedouro Bela Vista
Seguindo viagem nossa próxima parada foi no Fervedouro Bela Vista que fica localizado a 3km de São Felix e é o mais recente e maior fervedouro do Jalapão. Fomos divididos em grupo de 10 pessoas e cada grupo tinha 20 minutos para ficar dentro d´água.
No local tem também um restaurante que serve comida tipica da região. Adoramos o Chambari!!!

Fervedouro do Ceiça
O próximo atrativo que visitamos foi o Fervedouro do Ceiça ou Fervedouro das Bananeiras que foi o primeiro a ser aberto para visitação. Fomos divididos em grupos de 6 pessoas e tivemos 20 minutos para aproveitar essa maravilha.

No final da tarde após 350km rodados chegamos a Pousada Panela de Ferro que foi nossa base por duas noites. Aproveitamos a piscina antes de tomar um banho quentinho e seguir para a Pousada Beira da Mata onde fizemos nossos jantares nas duas noites que ficamos em Mateiros.

FOTOS POUSADA PANELA DE FERRO E JANTAR BEIRA DA MATA

No dia seguinte partimos após o café da manhã para o Povoado Mumbuca uma comunidade de origem quilombola com mais de 200 anos e que atualmente vive da venda do artesanato feito com o capim dourado que nasce nas veredas e é colhido de setembro a novembro.

Fervedouro do Buritis
O Fervedouro dos Buritis foi o terceiro e último que visitamos na viagem. Tem capacidade para grupos de 10 pessoas e há um restaurante que serve almoço com comida típica onde comemos uma deliciosa refeição!

Cachoeira do Formiga
A Cachoeira do Formiga tem uma pequena queda d´água e um poço de cerca de 8m de diâmetro. O tom das águas impressionam! Nunca vimos uma cachoeira com a água dessa tonalidade! O lugar é incrível! Lá tem também uma área de camping com estrutura bem básica mas que com certeza funciona como uma boa base para se conhecer o Jalapão estando viajando com seu carro e um guia!
Depois de muitos outros Km rodados pelo deserto do Jalapão durante o dia, retornamos para pousada.

Em nosso terceiro dia no Jalapão saímos de mala prontas e após quase 100km de estrada de terra, nossa primeira parada foi na Cachoeira da Velha onde pudemos contemplar e fazer várias fotos!

Prainha do Rio Novo
A poucos quilômetros para baixo da Cachoeira da Velha (cerca de 30minutos de carro) encontra-se a Prainha do Rio Novo onde paramos para banhar e fizemos nosso lanche! As águas do Rio Novo são refrescantes e a correnteza impressiona!

Dando sequencia a nosso roteiro, seguimos até o Cânion da Sussuapara onde antigamente abrigava uma cachoeira com um pequeno poço para banho e hoje devido a erosão e ao assoreamento deu lugar a uma pequena queda d´água e paredões de até 15m.

Pedra Furada
A Pedra Furada é um dos principais atrativos do Jalapão e local muito procurado para ver o por do sol. No dia em que tivemos por lá não teve por do sol mas a vista é linda!

No final da tarde após rodarmos cerca de 200Km chegamos a Ponte Alta do Tocantins na Pousada Águas do Jalapão onde jantamos e pernoitamos.
Em nosso último dia Visitamos a Cachoeira do Soninho Grande e nos refrescamos na Cachoeira do Soninho Pequeno antes de pegar a estrada para Palmas.

Chegando em Palmas ainda deu tempo de conhecer a Praia da Graciosa que é um dos cartões postais da cidade antes de pernoitarmos no apartamento que alugamos pelo AirBnB!

Acordamos na madrugada e seguimos viagem rumo a Pirenópolis (GO) cidade escolhida para nossa última parada em nossa viagem de férias! Clica aí pra conferir o que fizemos Por aí de Barraca em Pirenópolis!!!

Share This