Primeiramente vamos deixar claro que falar de Dourado e também de Solaris Festival, é algo muito marcante, de muita importância em nossas vidas!
Nossa história (Lelis e Raquel), tem uma ligação muito forte com estes dois lugares. A Raquel nasceu em Dourado, nos conhecemos por lá, trabalhamos juntos, morei lá por seis meses. Muitas vezes fomos passear e acampar no Parque do Lago, local onde foi realizado o Festival novamente. A primeira vez que fomos a uma festa de música eletrônica foi no Solaris Festival em 2005, casamos no mesmo lugar da festa em 2011 e agora voltamos em 2017, para viver mais um pedaço de nossa história e desta vez para conta-lá aqui no Por aí de Barraca!

Chegamos ao Festival na quarta-feira no final da tarde, embora os portões abrissem só as 24h, fomos convidados pelo Pedro (proprietário do Festival) a chegar antes, o que foi muito legal porque pudemos montar nossa barraca bem na entrada da área de camping para poder conhecer muitas pessoas, pois todos precisavam passar por ali para sair ou entrar no camping!
A área de camping foi montada em uma grande floresta de eucaliptos com muita sombra. Os chuveiros e banheiros eram dentro de container, e ficaram sem água e energia por alguns momentos, o que não desanimou a galera em nada! A cozinha comunitária acabou sendo improvisada e a maioria das pessoas acabou fazendo suas refeições na área de alimentação ou indo até a cidade nos supermercados e restaurantes.

O Festival contou com dois palcos que funcionaram simultaneamente durante os quatro dias com apresentação de grandes nomes da cena eletrônica.

E nem só de música é feito um Festival!
Aconteceu um Movimento verde em respeito a natureza que foi feito durante todos os dias do festival, com ações de limpeza, sustentabilidade e preservação do local e do meio ambiente, tendo como resultado uma ação cultural que amenizou os impactos na preservação da nossa casa: Terra
Recicláveis: 2.085 kg
Orgânico: 265 kg
Rejeito: 4.102 kg
Óleo vegetal saturado: 50 litros
Pessoas capacitadas: 15
Árvores plantadas: 16

Além da feira mix, aconteceram oficinas artísticas: Oficina de Turbantes, Oficina de Dreads, Oficina de Pinturas Africanas, Oficina de Tiedie, Oficina de Arte Entalhada e Oficina de Filtro dos Sonhos. Teve aula de circo e também Yoga. Muitas performances aconteceram durante o festival!

Dias incríveis marcaram mais uma vez nossa história. Valeu Solaris Festival por nos proporcionar mais uma vez uma experiência inesquecível.
E que venha a próxima!

Vem com a gente Por aí de Barraca!

Share This